segunda-feira, setembro 28, 2009

Eleições legislatívas

Dia 27 de Setembro de 2009.

Mais uma vez, o povo português (cerca de 60%) deu uso ao seu direito cívico e elegeu novamente o PS de José Sócrates como a primeira força política, com 36,56% dos votos. Ao contrário do PS, os outros partidos "principais" conseguiram um aumento de votos em relação a 2005. Vejamos:


.
Em relação a Tavira o PS obteve 32,58%, o PSD 27,2% e o BE 14,79% dos votos.

terça-feira, setembro 22, 2009

Por e-mail...

Este é um jogo/quebra-cabeças no qual o jogador tenta encurralar o gato preto ao carregar nas bolas verdes.
Experimentem! Até dizem que é bom na prevenção do alzheimer pois treina a percepção.




No site principal deste jogo encontram ainda outros jogos. Divirtam-se

segunda-feira, setembro 21, 2009

Por e-mail...

Mas que salto! Imaginem que falhava...

video


Real or fake?

domingo, setembro 20, 2009

Me...

Hoje sou assim como o azeite Gallo, "a cantar desde" 1987.

Obrigado a todos os que se lembraram!

segunda-feira, setembro 14, 2009

Por e-mail...

Mais um e-mail que gostaria de partilhar convosco. Desta vez, um pequeno filme com uma grande estória.
Esta 'curta metragem' titulada originalmente como "História de un letrero", foi votada como nº1 para o prémio especial no Festival de filmes em Cannes, 2008. Uma história impressionante, que conta que a verdadeira oferta está em dar-se a si mesmo!
.

Música

Flow 212 é um novo grupo musical. Desde o hip-hop ao R&B, o grupo apresenta um som completamente inovador, onde um ritmo alucinante é característica de muitas das suas músicas. Aqui fica uma delas, "212 girl".

video

domingo, setembro 13, 2009

Pela blogosfera...

Depois do Desenhador do Quotidiano, eis que encontro outro blog (Caderno da Alma)que reflecte esta linda cidade. Desta vez, é através das palavras que a nossa cidade ganha mais uma vez vida.

Aqui deixo apenas o excerto da obra:

Tavira que tens aquela virtude
No correr das águas do Gilão
Na beira serra o monte, o açude
Nesse teu esplendor o meu coração.

sábado, setembro 12, 2009

Pela blogosfera...

São muitos os turístas que recebemos na nossa cidade no verão, mas também ao longo do ano.
E como tudo na vida, existem os 'prós e os contras'.
Aqui fica um dos prós: uma pintura. A beleza desta cidade cativou a criação de uma pequena obra, parte de muitas outras existentes na blogosfera. O autor tem ainda outras, de locais, pessoas, momentos, tais como esta. Passem por , vão apreciar.

sexta-feira, setembro 11, 2009

Happy Birthday, Princess!


quarta-feira, setembro 09, 2009

segunda-feira, setembro 07, 2009

Recordações

De vez em quando relembro o passado, e agora que o verão está a chegar ao fim lembro os dias passados na praia durante a minha infância.
Na praia recordo sempre aquela música que me ensinaram: "O mar enrola na areia". Não conhecia a letra toda, mas após pesquisar quero deixar aqui essa letra que me faz recordar os tempos onde a felicidade é incondicional. Obrigado!
.
"O mar enrola na areia"
.
O mar enrola na areia
Ninguém sabe o que ele diz
Bate na areia e desmaia
Porque se sente infeliz.
.
O mar enrola na areia
Ninguém sabe o que ele diz
Bate na areia e desmaia
Porque se sente infeliz.
.
Até o mar é casado, ai
Até o mar tem mulher
É casado com a areia, ai
Pode vê-la quando quer.
.
Até o mar é casado, ai
Até o mar tem filhinhos
É casado com a areia, ai
E os filhos são os peixinhos.
.
O mar enrola na areia
Ninguém sabe o que ele diz
Bate na areia e desmaia
Porque se sente infeliz.
.
O mar enrola na areia
Ninguém sabe o que ele diz
Bate na areia e desmaia
Porque se sente infeliz.
.
Ó mar tu és um leão, ai
A todos tu queres comer
Não sei como os homens podem, ai
As tuas ondas vencer.
.
Ó mar que te não derretes, ai
Navio que te não partes
Ó mar que não cumpristes, ai
O que comigo tratastes.
.
O mar enrola na areia
Ninguém sabe o que ele diz
Bate na areia e desmaia
Porque se sente infeliz.
.
O mar enrola na areia
Ninguém sabe o que ele diz
Bate na areia e desmaia
Porque se sente infeliz.
.
Ouvi cantar a sereia, ai
No meio daquele mar
Tantos navios se perdem, ai
Ao som daquele cantar.
.
Até o peixe do mar, ai
Depenica na baleia
Nunca vi homem solteiro, ai
Procurar a mulher feia.
.
O mar enrola na areia
Ninguém sabe o que ele diz
Bate na areia e desmaia
Porque se sente infeliz.
.
O mar enrola na areia
Ninguém sabe o que ele diz
Bate na areia e desmaia
Porque se sente infeliz.

Avaliação em Portugal

De certo que já ouviram e já participaram em conversas sobre a 'grande injustiça' que se passa no ensino: a avaliação dos professores.
Pois eu começo a ficar um pouco farto da conversa e dos e-mails que mandam para que todos conheçam tal 'injustiça'.

Em primeiro lugar, observem os países 'mais evoluidos' do que o nosso. Observem o seu sistema de ensino, observem como eles estão à nossa frente. Observem como é que os alunos são avaliados e como o são os professores.

Depois, quando se manisfestarem, não o façam contra a avaliação dos professores, proponham sim, outro modelo. Porque este não é perfeito, de certeza, mas o seu objectivo é claro e necessário: melhorar o nível de ensino.

A avaliação é uma necessidade essencial! Em toda a nossa vida seremos avaliados pela família, pelos amigos, pelos professores, pelos colegas, pelos patrões, e até por nós. E será essa avaliação que nos fará progredir, mudar, evoluir. É o nosso derradeiro objectivo neste mundo: caminhar para a perfeição, mesmo estando sempre longe!

Apesar de muitos não o saberem, os professores são os modelos de muitas crianças e jovens, são seus educadores, eles transformam a sociedade. Não é de animo leve que se deve escolher a carreira de professor, não é por não ter emprego na área, não é porque se recebe mais, não é por ter mais privilégios, etc. A carreira de professor necessita de vocação, de competências específicas. É este um dos grandes males do ensino e de muitas outras profissões.

Pessoalmente, sempre tive a sorte de ser um bom aluno, mas isso não foi o suficiente para que não me apercebesse da diferença entre os professores vocacionados e os que o não eram. O gosto pelas disciplinas, o interesse, o aplicar-se, tudo depende da forma como o docente transmite o conhecimento e como lida com seres em formação. Quantas vezes 'apanhei' professores em diálogos:

a: ...mas nós não demos esses conceitos!
P: Eu quero lá saber se tens as bases para esta matéria ou não!

P: Têm 5 minutos para fazerem o exercício.
a: Professor, tenho aqui uma dúvida. Aqui neste exercício.
P: Ainda não sabes isso? Já falei várias vezes na aula sobre isso, por isso despacha-te!

O exemplo mais completo do que disse é o recente caso da professora de história (não vocacionada). Assim como o caso da rapariga que enfrentou a professora pelo seu telemóvel pessoal, também este foi notícia. A professora falava de sexo com os seus alunos de forma intimidatória e com ameaças. Durante anos o ensino tinha uma professora não vocacionada e que só foi denunciada quando um aluno gravou a sua aula, bem feito.

Enfim, há Professores e professores...
Mas uma coisa é certa, a mudança para um futuro melhor causa aversão, mas é necessária!